dicas para pais ajudarem os filhos na escola

10 dicas para pais (realmente) ajudarem os filhos na escola

A partir dos 4 anos uma criança já começa a ter efetivamente o primeiro contato com as letras do alfabeto e com o sistema numérico. 

Tudo aquilo que já é óbvio para os adultos começa a ser percebido como um novo mundo pelos pequenos. 

Durante as aulas, os professores são a opção mais adequada para tirar dúvidas. Em casa, porém, quem os acompanha na hora de fazer os deveres de casa geralmente são os pais. 

Nessas horas, pode bater a insegurança.

Porém, supervisionar e auxiliar a realização de tarefas de casa também é um incentivo e faz toda a diferença para que o seu filho se sinta mais seguro durante o aprendizado.

Então, respira e não pira! Este artigo reúne 10 dicas sinceras para pais ajudarem os filhos na escola.

1. Você não é o professor (e está tudo bem se você não souber tudo)

Ao ajudar em casa, você não está substituindo o professor. 

Pode parecer óbvio, mas é importante lembrar: você é o pai/mãe da criança. São relações bem diferentes. 

Você pode não saber a resposta, mas pode ensinar os caminhos para encontrá-la.

Sobre a postura, você pode ser flexível, mas firme. O importante é estabelecer regras e rotinas e auxiliar nas realização das tarefas. 

Uma ideia é criar uma espécie de ritual para que a criança perceba que, embora esteja em casa, existe um momento para se dedicar aos estudos – algo que ocorre naturalmente quando a criança é deixada no portão do colégio, mas é um momento que precisa ser criado no ambiente caseiro. 

Providenciar um ambiente adequado para o estudo, sem perturbações, também é uma excelente forma de começar a ajudar o seu filho.

2. Incentive o hábito de estudar um pouco por dia

Incutir, na criança, o hábito de estudar um pouco por dia, revisando o conteúdo e fazendo as tarefas dadas já no dia em que foram passadas é um hábito que ela levará para a vida toda. 

Se houver organização, nunca haverá tarefas acumuladas. Além disso, a prática do estudo diário é mais recomendada para melhor fixação do conteúdo.

3. Participe do momento de estudo

Pode até parecer chato para você, mas as crianças aprendem por motivação. Se você demonstrar que está junto com ela quando na hora dos estudos, a chance de ela se engajar na tarefa será muito maior. 

Além disso, você pode acompanhar o progresso do pequeno e identificar possíveis dificuldades de aprendizado. 

Uma dica é, para aproveitar ainda melhor o tempo, realizar uma tarefa própria: ler algum artigo, algum livro, ao lado do seu filho. Ele vai entender que vocês dois estão estudando juntos e que aquele é um momento reservado para isso.

4. Não tome as tarefas para si

Mesmo que você veja que a criança está tendo dificuldades, não ceda à tentação de fazer a tarefa por ela. 

O pequeno precisa entender, desde cedo, que tem responsabilidades, e que não aprenderá se alguém fizer o trabalho por ele. 

Se a tarefa for algo que ele pode fazer por conta própria, deixe que faça – mesmo que você ache que o resultado poderia ser melhor ou mais bonito. Ele só aprenderá caso exista um processo de fazer, errar e acertar.

5. Participe efetivamente da vida escolar 

como os pais devem ajudar seus filhos na escola

Além de ajudar nas tarefas de casa, uma dica para ajudar os filhos na escola é participar, efetivamente, da vida escolar. 

Conheça os professores/coordenadores, converse com eles e estabeleça contato para que você possa recorrer ao professor se identificar algum problema, e vice-versa. 

Procure conhecer, na medida do possível, os coleguinhas – pelo menos aqueles mais próximos. 

Não deixe de comparecer às reuniões de pais e professores que servem como ponte entre o aluno, a família e a escola. 

guia bilíngue banner

6. Cobre a conclusão das tarefas de casa

A tarefa de casa é o principal compromisso escolar da criança. Faça com que elas priorizem essa atividade. 

Incentive-as a fazer os deveres de casa antes de brincar – e, se for o caso, só permita que ele brinque depois que mostrar o dever cumprido. 

Também evite que a criança faça os deveres de casa enquanto assiste à televisão, utiliza o celular ou ouve música. É preciso concentração e, mais que isso, que a criança se habitue a reservar um tempo só para os estudos.

7. Procure reforço, se necessário

Nem sempre os pais ajudarem os filhos na escola é suficiente.

Se seu filho estiver demonstrando dificuldade para aprender um conteúdo específico, procure reforço. 

Se você não se sentir seguro para ajudar por desconhecer o assunto, não se apavore. 

Fique calmo, sem demonstrar insegurança, e participe daquele momento mesmo assim. 

Outra dica importante é incentivar o pequeno a fazer perguntas ao professor em sala de aula para sanar essas dúvidas. 

8. Apresente ao seu filho o prazer da leitura 

Estimular o hábito da leitura é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para ajudar seus filhos a irem bem na escola – e, também, na vida. 

A importância da leitura é imensurável

Ler ajuda as crianças em qualquer uma das matérias – mesmo a matemática. Além disso, é uma das maneiras mais eficazes de se manter sempre em busca de aprendizado, mesmo na vida adulta.

9. Converse com seus filhos

Saber conversar e ouvir são grandes chaves para o sucesso escolar.

É por meio da escuta de diálogos – ouvir conversas entre os pais e outros familiares  – que a criança começa a desenvolver as habilidades de comunicação que serão necessárias para ir bem na escola.

Se, em casa, as crianças não ouvirem muita conversa e não forem encorajadas a falar, podem acabar tendo problemas para aprender a ler, o que geralmente acarreta em outros problemas. 

Além disso, se não aprenderem a ouvir atentamente, também podem ter mais dificuldade para seguir instruções e para prestar atenção na aula. 

Converse com seus filhos e se mostre interessado naquilo que eles estão dizendo. Você é a plateia mais importante da vida deles.

10. Estimule o aprendizado ativo

As crianças precisam exercitar o aprendizado ativo tanto quanto o aprendizado passivo, como ler e fazer os deveres de casa. 

Na aprendizagem ativa, é preciso fazer e responder perguntas, solucionar problemas e explorar seus interesses. 

O aprendizado ativo também ocorre quando as crianças praticam esportes, ficam com os amigos, atuam em uma peça teatral, tocam um instrumento ou visitam museus e livrarias. 

Ouça as ideias dos seus filhos. Quando vocês estão lendo juntos, por exemplo, deixe que façam perguntas e formulem as próprias respostas. Ao encorajar esse tipo de troca em casa, a participação e o interesse pela vida escolar tendem a crescer.

Pais também possuem um papel fundamental no aprendizado escolar

Assim como, a partir do nascimento, a criança passa a ser o ponto central da vida dos pais, os pais também são os protagonistas na vida dos filhos. 

Quando a criança começa a dividir a vida entre a casa, com a convivência familiar, e a escola, o papel dos pais não perde importância. 

Pelo contrário – é fundamental que os pais se envolvam e façam parte desse processo de aprendizado (mesmo que possa ser chatinho fazer tarefas escolares que envolvam dar nome a animais ou às cores). 

Aproveite este momento para se conectar com o seu filho e para fortalecer os vínculos entre vocês. Lembre-se, também, que as crianças crescem rápido e, aos poucos, não precisarão mais tanto da sua ajuda – e acredite, você vai sentir falta disso! 

Quer receber mais conteúdos sobre educação de bebês e crianças?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.