ensino bilíngue desenvolve o cérebro

Ensino bilíngue desenvolve o cérebro? Veja os benefícios desse tipo de ensino

Os pais sempre buscam dar aos seus filhos a melhor educação que está ao seu alcance.

A ideia é oferecer aos pequenos mais do que foi recebido pelos seus pais durante o período escolar, inclusive, aproveitando-se de novas teorias educacionais, que estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis. 

E dentre essas “novidades” está o ensino bilíngue

Na verdade, ele não surgiu recentemente, porém, mais e mais instituições estão desenvolvendo metodologias bilíngues, o que deixa algumas perguntas no ar: 

  • “Como funciona o ensino bilíngue?”
  • “É verdade que o ensino bilíngue desenvolve o cérebro? “
  • “Vale a pena colocar uma criança pequena em uma escola onde 2 idiomas são utilizados?”

É normal que essas dúvidas apareçam, afinal, toda inovação carrega consigo algumas questões, e o objetivo deste texto é justamente esclarecer essa relação entre desenvolvimento cognitivo e ensino bilíngue.

Se você tem dúvidas sobre a capacidade do ensino bilíngue de desenvolver o cérebro e as habilidades infantis, chegou o momento de esclarecer essas informações e apresentar quais são os reais efeitos dessa metodologia para as crianças. Acompanhe!

O que é ensino bilíngue e como funciona?

Para entender os reais benefícios do ensino bilíngue é preciso começar com os pontos teóricos básicos. Em primeiro lugar, saiba que uma escola bilíngue convida o aluno a uma imersão no idioma estrangeiro. 

O novo idioma não é a “língua oficial do aprendizado”, os alunos não necessariamente seguem o conteúdo curricular em outra língua. 

As disciplinas são oferecidas aos alunos em português, contudo, no caso da Escola Portal, são oferecidas atividades extracurriculares, que são feitas no segundo idioma. 

Resumindo: Tudo o que o aluno aprende em seu idioma nativo é exercitado em outra língua.

E sabe por que isso ocorre? 

Para tornar o aprendizado da nova língua algo mais fluido, ao contrário de técnicas oferecidas por escolas de idiomas tradicionais com aulas de gramática, exercícios de escrita e pronúncia, etc.

Dessa maneira, as experiências colhidas pelos alunos em sala de aula ganham um “aprendizado duplo”.

Ou seja, além dos conceitos essenciais, todos os exercícios e atividades envolvendo os novos conteúdos servem para reforçar o aprendizado da grade curricular e, ao mesmo tempo, estimular as habilidades com o novo idioma. 

Ao seguir essa metodologia, a escola transforma a segunda língua no meio de comunicação oficial das interações entre alunos e professores, contudo, há todo um cuidado para respeitar as limitações de cada etapa de aprendizado das crianças e adolescentes. 

Mais do que ensinar alunos como falar um segundo idioma, o objetivo da escola bilíngue é ir além da fluência e da compreensão. 

A ideia é desenvolver crianças e adolescentes que são Global Thinkers, ou seja, pessoas que expressam suas ideias tendo como foco uma realidade mais ampla de mundo.

Ensino bilíngue realmente desenvolve o cérebro? Quais são os benefícios?

Ainda é grande o ceticismo sobre o questionamento de se o ensino bilíngue desenvolve o cérebro ou não. 

Isso decorre de correntes de pensamento conservadoras que durante muito tempo trataram o bilinguismo mais como um processo de confusão cognitiva. 

Felizmente, essas teorias estão se tornando cada vez mais obsoletas e desacreditadas, algo que também é feito com base na ciência, já que vários estudos apontam para um desenvolvimento intelectual benéfico. 

Lá na década de 1960, pesquisadores da Universidade McGill, no Canadá, realizaram uma série de testes com crianças monoglotas e bilíngues, e o resultado foi bem claro: os bilíngues superaram os monoglotas em 15 testes verbais ou não-verbais.

Ao longo das últimas cinco décadas, mais e mais estudos apontaram valor no aprendizado bilíngue, realçando que ele potencializa o aprendizado. Veja alguns dos principais benefícios do ensino bilíngue para o desenvolvimento do cérebro:

1. Conhecimento que transforma o jeito de aprender

O ato de aprender novos conceitos e desenvolver este aprendizado em duas línguas amplia a capacidade do aluno de compreender e aplicar os ensinamentos. 

A captação de um novo conceito com o desafio de compreensão em outro idioma exige mais raciocínio e atenção, o que gera benefícios para retenção dos conhecimentos.

2. Visão global

ensino billíngue

O ensino bilíngue convida os alunos a exercitarem uma perspectiva global. Há toda uma preparação pedagógica com o objetivo de fazer com que os alunos ampliem suas formas de verem o mundo e pensarem sobre os conceitos que estão sendo ensinados. 

A ideia é ampliar as perspectivas do mundo e inserir as crianças e adolescentes nos conceitos de cidadão global, algo que é bastante alinhado com as teorias filosóficas mais modernas, que enxergam a globalização como um efeito importantíssimo na forma como as crianças aprendem a se relacionar com o mundo. 

guia bilíngue banner

3. Compreensão das diferenças e convite ao pensamento sobre diversidade

O ensino bilíngue exercita a empatia, transpondo o aluno para uma realidade diferente da sua, na qual ele deve tentar compreender o mundo que o envolve. 

Esse exercício de “mudança de posicionamento” estimula o respeito à diversidade e faz com que os alunos estimulem sua criatividade ao mesmo tempo que pensam em conceitos importantes como tolerância e respeito

4. Vivência do idioma e fim da memorização

Um dos maiores problemas no ensino de idiomas estrangeiros é a memorização. Os alunos são estimulados a decorar palavras e traduzir seus significados de uma forma que não trabalha muito bem o contexto da linguagem, transformando o ensino de outro idioma na famosa “decoreba”.

Uma das metas do ensino bilíngue é fazer com que os alunos vivenciem o idioma, o que significa ter um contato íntimo com a nova língua, estimulando-os a pensar, se comunicar e expressar emoções e sentimentos.

Toda a metodologia deve ser orientada para que os alunos não traduzam conceitos, mas sim que esses assuntos sejam entendidos de maneira sinérgica, envolvendo tanto sua língua nativa quanto o novo idioma. 

4 benefícios de receber um ensino bilíngue desde criança

Agora, vamos focar nos benefícios que o ensino bilíngue oferece para os alunos no longo prazo. 

Como se trata de uma metodologia oferecida para crianças e adolescentes, é importante saber quais são os benefícios de estudar em escolas bilíngues desde o princípio da idade escolar. Veja mais abaixo.

1. Flexibilidade mental

O ensino bilíngue planta a semente do cidadão global. Um dos maiores benefícios de adotar o ensino bilíngue desde criança é a possibilidade de educar uma criança de forma alinhada com esse conceito, que é tão importante perante as interações sociais e econômicas que ocorrem neste mundo globalizado.

Os alunos enxergam o mundo de forma heterogênea, o que é um convite para pensarem de forma mais ampla, sem barreiras culturais ou sociais e, claro, tendo como premissa a empatia e o respeito.

Essa compreensão da amplitude do mundo faz com que os alunos tenham perspectivas mais amplas e exercitem o pensar de forma mais flexível, compreendendo que o mundo lá fora é repleto de diferenças. 

2. Resolução de problemas

Pesquisas coordenadas na Itália apontaram para um desenvolvimento superior de massa cinzenta na região cerebral responsável pela aquisição de vocabulário. 

Isso acontece porque o aluno do ensino bilíngue é constantemente desafiado, já que é necessário um esforço maior para compreender significados e decidir qual é o idioma certo para aquela interação.

Com isso, há um desenvolvimento superior na capacidade de analisar e solucionar problemas do cotidiano, e isso tem reflexos positivos, inclusive, na capacidade construir seu próprio conhecimento com base no que é transmitido em sala de aula. 

3. Ampliação da concentração e foco nas atividades

Estudos desenvolvidos na USP e também nos EUA apontaram que os alunos do ensino bilíngue têm um controle inibitório superior, ou seja, eles conseguem se manter concentrados com mais facilidade, mesmo diante de estímulos conflitantes.

A necessidade de pensar com mais afinco e tomar as melhores decisões em relação à linguagem faz com que os alunos desenvolvam uma concentração superior, o que é um fator muito importante para pessoas na idade escolar e também após esse período. 

4. Facilidade e predisposição para aprender outras línguas

O ensino bilíngue rompe a barreira da complexidade no aprendizado de outro idioma, com isso, os alunos passam a enxergar o aprendizado de outras línguas como algo natural e menos doloroso.

O estímulo dado na escola pode trazer benefícios caso o aluno seja desafiado a aprender mais um idioma, especialmente pelo fato de que esta tarefa não será analisada como algo complexo e trabalhoso, mas sim como um processo natural, assim como aconteceu com o segundo idioma ministrado em sua escola. 

Ensino bilíngue para quem quer ser um cidadão global

O ensino bilíngue desenvolve o cérebro sim!

E não é só isso.

Também desenvolve a capacidade do aluno de ver o mundo de formas diferentes. 

Com isso, há uma ampliação na capacidade de entender informações e disciplinas e, ao mesmo tempo, dá-se início ao aprendizado de conceitos importantes, como empatia e visão global.

Veja também: Como criar um filho bilíngue

O ensino bilíngue oferece aos alunos a oportunidade de dominar um novo idioma, porém, não se resume a isso. 

Todo o processo de aprendizado gera uma bagagem ampla, que auxilia na formação de pessoas mais preparadas para os desafios da vida adulta. 

O Ensino Bilíngue da Escola Portal é ministrado como atividade extracurricular, aberto para os alunos da escola e todos aqueles que desejam ampliar os conhecimentos de seus filhos.

Este modelo extracurricular foi desenvolvido para respeitar as curvas de aprendizado e adequar as atividades da melhor forma possível, contribuindo para a formação integral dos participantes.
Para conhecer mais sobre o ensino bilíngue e a metodologia da Portal, não deixe de navegar pelo nosso blog e visitar o nosso site!

Quer receber mais conteúdos sobre educação de bebês e crianças?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.