saltos de desenvolvimento do bebê

Os 10 saltos de desenvolvimento do bebê: quais são e como identificá-los

Você estava quase se acostumando com o comportamento do seu bebê quando, de repente, ele começa a mudar bruscamente. 

Esses momentos são chamados de saltos de desenvolvimento do bebê. 

Não são mudanças que ocorrem de um dia para o outro, mas, mesmo assim, costumam surgir em um piscar de olhos. 

Quando você percebe, a criança já está correndo pela casa e trocando os objetos de lugar, cheia de manias e de vontades.

Como isso ocorre? O que esperar?

Neste artigo, vamos apresentar os 10 saltos de desenvolvimento do bebê pelos quais a criança passa antes dos primeiros dois anos de vida. 

Prepare-se!

O que é um salto de desenvolvimento?

Em primeiro lugar, vale diferenciar os conceitos de saltos de desenvolvimento do bebê e pico de crescimento.

Embora sejam parecidos, representam mudanças distintas, que exigem cuidados diferentes.

O pico de crescimento diz respeito ao crescimento físico.

Os bebês não crescem de um dia para o outro, mas há períodos em que esse aumento de tamanho e de peso é mais acelerado.

Já quando o bebê está passando por um salto de desenvolvimento, significa que ele está aprendendo novas habilidades. 

Aprender a falar, a rolar, a engatinhar… 

Esses são alguns dos marcos que, quando ocorrem, ampliam as perspectivas do bebê. 

Quando isso ocorre, o bebê experimenta muitas sensações e emoções novas, desenvolvendo os seus sentidos.

Por isso, não se surpreenda se a criança tiver algumas crises de choro ou se ficar mais carente.

Isso vai causar alguma insegurança, que será traduzida nessa necessidade de estar perto da mãe. 

Pode causar algumas alterações no sono do bebê, também.

Mas nada que, a princípio, seja preocupante e demande uma visita ao pediatra.

Não espere, porém, que os saltos de desenvolvimento do bebê ocorram de maneira cronometrada.

O desenvolvimento do bebê é constante. Há períodos mais acelerados e outros mais lentos. E, além de tudo, é preciso respeitar a individualidade de cada criança. 

O fato é que, assim que o seu bebê aprender a fazer algo novo, ele vai querer fazer isso o tempo todo.

O aplicativo As Semanas Mágicas, disponível para iOs e Android, é um dos mais baixados do mundo.

Com ele, você consegue ver o que esperar de cada um dos saltos mentais do bebê, além de dicas para estimular a criança e o tempo de duração de cada um dos saltos.

Quando acontecem os saltos de desenvolvimento do bebê? 

saltos de desenvolvimento do bebê 2 meses

1° salto: +- 1 mês

O primeiro salto de desenvolvimento do bebê já acontece no primeiro mês.

O bebê passa a conseguir fixar o olhar por algum tempo e a esboçar sorrisos intencionais. 

Agora, ele também já responde ao toque.

Em vez de dormir o tempo todo, ele passa a ficar mais tempo acordado, a mamar mais e a querer ficar grudadinho nos pais.  

2° salto – +- 2 meses

Você sabia que a visão do bebê vai se aperfeiçoando depois que ele nasce?

É neste salto que o pequeno está começando a fixar o olhar em figuras. 

Livros preto e branco com algum contraste são uma boa pedida. 

Ele ainda não consegue pegar objetos, mas já está ensaiando o tato, passando as mãozinhas nos brinquedos. 

O pescocinho da criança também já está um pouco mais firme – aos poucos, você vai ver que ele consegue erguer a cabeça e deixá-la em pé. 

Ah, nessa fase, ele vai querer mamar mais, com mais frequência, e a presença da mãe costuma deixá-lo mais calmo. 

3° salto – +-3 meses 

Experimente colocar um objeto na frente do bebê e movimentá-lo de um lado para o outro.

O bebê já vai conseguir acompanhar o objeto com os olhos e com a cabeça. 

Nessa fase, eles choram mais alto do que antes, e podem começar a chupar o dedo.

4° salto – +- 4 meses

Opa! Nessa fase, o bebê está ficando mais independente. 

Não se surpreenda se encontrá-lo brincando sozinho, divertindo-se com ele mesmo.

Aqueles barulhinhos característicos que os bebês fazem também começam a aparecer nessa época.

E, se não estão vendo os pais, eles vão começar a procurá-los. 

Por isso, não se surpreenda se o pequeno quiser mais atenção nessa fase. 

Afinal, agora ele percebe quando você não está por perto.

5° salto – +- 5 meses

O bebê começa a fazer experimentos.

Ele gosta de jogar um objeto no chão e observá-lo cair. 

Isso significa que está, aos poucos, aprendendo que toda ação tem uma consequência.

Se os pais estão longe, eles não gostam. Dar colo e amamentar podem ajudar o bebê a ficar mais calmo.

6º salto – +- 7 meses

Agora, as pessoas não passam despercebidas pelo seu bebê. 

Ele já repara em quem fala com ele ou quem passa por ele.

Ele também passa a compreender algumas palavras, a bater palminhas e a tentar engatinhar. 

O que você percebe facilmente é que o bebê começa a demonstrar mais afeto, com mais carinho – por exemplo, tocando no seu rosto.

7° salto – +- 10 meses

O bebê está começando a demonstrar vontades.

ebook berçário portal

Agora, o pequeno pode não gostar quando você o coloca para dormir.

“Reclamações” se tornam mais frequentes.

A criança também já entende melhor para que servem alguns objetivos.

Por exemplo, pode tentar usar uma colher para comer.

8° salto – +- 11 meses

Esse é o salto de desenvolvimento em que o bebê fica mais atento.

Ele vai começar a imitar os movimentos dos pais.

Por exemplo, pode colocar a mãozinha perto do ouvido e fingir que é um telefone. 

A imaginação já está à solta! 

Em contrapartida, o bebê pode ter alguns ataques de raiva, chorar mais e sofrer alterações no sono.

Não se preocupe. Tudo isso é normal.

9° salto – +- 1 anos e 2 meses

Seu bebê já está cheio de atitude!

Pode até tentar se vestir sozinho.

Porém, não espere que ele tenha sucesso nas primeiras vezes… 

Uma particularidade desta fase é que ele pode recusar o colo de qualquer pessoa que não seja você. 

10° salto – +- 1 ano e 6 meses

A partir daqui, começa a fase da desobediência.

O bebê já tem algum controle sobre as próprias ações.

A maioria, nesta fase, já consegue caminhar, e é difícil impedir que explorem a casa inteira. 

A criança já demonstra vontades e sabe o que quer fazer e o que não quer.

Como identificar um salto de desenvolvimento?

como identificar saltos de desenvolvimento

Fique atento(a). 

Você vai notar alguns padrões, que tendem a se repetir em cada uma dessas fases dos saltos de desenvolvimento do bebê.

O bebê pode dormir menos

Como ele está fascinado pelas novas habilidades, pode querer ficar mais tempo exercitando-as.

É possível que, embora já tivesse uma rotina de sono bem estabelecida, o bebê mude os horários em que costuma cochilar.

Acordar mais vezes à noite ou durante as sonecas diurnas também se torna comum. 

Prepare-se para ouvir bastante choro 

A confusão mental que surge em decorrência de tantas sensações novas é muito para o bebê. 

Como o repertório de reações de um bebêzinho é limitado, a frequência de ataques de choro pode ser maior.

Como o cérebro está trabalhando mais, a fome também aumenta, e o bebê vai exigir mais leite. 

Por sua vez, o contato direto com a mãe ou com o pai que for alimentá-lo também vai surtir o efeito calmante.

Isso é bom porque, durante os saltos de desenvolvimento do bebê, é comum que os pequenos fiquem mais irritados. 

Uma fase de muito dengo e carinho. 

Os bebês demonstram mais afeto e necessidade de ficar pertinho dos pais. 

E não tem coisa melhor que ficar agarradinho com o seu pequeno, não é?

4 dicas para ajudar o seu bebê a lidar com os saltos de desenvolvimento

Os saltos de desenvolvimento do bebê podem trazer uma certa angústica para os papais.

Mas, não precisa ser assim.

Seguindo algumas dicas práticas, você pode amenizar os sintomas dessa transformação. Confira:

1. Não existe colo demais. 

Nestas fases tão cheias de novidades, o bebê precisa se sentir seguro.

Para não atrapalhar tanto a sua rotina, você pode utilizar um sling ou um canguru

O pequeno se sentirá acolhido e você consegue fazer as tarefas de casa.

2. Procure manter a rotina

Seu bebê vai acordar em horários nos quais ele não estava acostumado a ficar acordado.

Embora ele esteja cheio de energia, tente “ignorar” isso, mesmo que surja uma vontade de interagir e de brincar com ele.

É importante que ele mantenha os hábitos de sono, mesmo passando por essas mudanças.

3. Encoraje as novas habilidades do bebê 

Quando você notar que a criança está fazendo algo que nunca fez antes, vibre!

Demonstre felicidade e alegria ao vê-lo se desenvolvendo.

O bebê certamente sentirá a recepção positiva e tentará manter aquele comportamento. 

4. Fique atento.

Com a tabela de saltos de desenvolvimento em mãos, fique atento às fases e em quais momentos da vida eles são esperados.

No entanto, mantenha em mente que cada criança é única e possui um ritmo individual de desenvolvimento.

Tudo bem se algo começar a ocorrer antes ou depois do previsto.

Fique atento, porém, se o atraso for muito longo. 

Em caso de dúvida, procure um pediatra. 

Passa MUITO rápido!

Ler sobre isso é fácil, mas já deu para perceber que esses primeiros dois anos serão intensos e de muito carinho, não é mesmo?

O bebê vai demandar muita atenção e, principalmente, muita paciência. 

Ao mesmo tempo, tenha certeza de que será uma época recompensadora.

Você vai testemunhar o crescimento do bebê e acompanhará de perto cada uma das fases.

Aproveite! Afinal, passa bem rápido e a gente sente saudade, viu?  

Quer receber mais conteúdos sobre educação de bebês e crianças?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.